Blast from the Past

Seja um robô armado até os dentes e ajude Los Angeles no frenético Future Cop: LAPD

O que fazer quando sua cidade se encontra em um enorme caos e o desespero parece tomar conta de todos? O amanhã nem sempre pode ser visto... (por Sybellyus Paiva em 25/04/2013, via PlayStation Blast)


O que fazer quando sua cidade se encontra em um enorme caos e o desespero parece tomar conta de todos? O amanhã nem sempre pode ser visto como um mundo mais pacífico e livre de crimes. Em Future Cop: LAPD, Você é um policial no comando de um mecha que precisa levar ordem e paz a Los Angeles, nem que precise usar balas, mísseis e bombas inteligentes como opção nessa tarefa. A guerra nem sempre é um mal, quando o que impera é o caos.

Enredo e um pouco sobre o jogo

http://media.moddb.com/images/groups/1/4/3106/398888-x1_alpha_blue_super.jpegO ano é de 2098, Los Angeles se encontra em meio ao caos chamado “Crime War” e cheia de inimigos que pretendem derrubar cidade por cidade, começando pela própria L.A. O jogador assume o papel de um piloto militar do X1-Alpha, um mecha (robô) com armamento suficiente para liquidar nossa galáxia.
O X1-Alpha também pode de se transformar em um veículo ágil. O que é útil nas situações de extrema periculosidade.
Future Cop seria a sequência da franquia Strike (Nuclear Strike), porém, a Eletronic Arts resolveu mudar o nome criando um novo título, porém, mantendo a mesma jogabilidade que seria de Future Strike.

Balas e um pouco de carnificina

http://vintageware.orconhosting.net.nz/future_cop/images/Future_Cop_explosion.jpegOs gráficos do jogo são bastante sólidos, a visão isométrica facilita a identificação dos objetos no cenário e a dificuldade passa quase despercebida durante o jogo. Efeitos visuais de explosões são convincentes e a carnificina rola solta quando você dispara balas em seres hostís. É fácil ver pedaços de corpos humanos voando quando são acertados por tiros. As fases com água também tem uma boa qualidade e efeitos visuais como as luzes do X1-Alpha possuem seu charme.
Só poderiam melhorar mais as CGIs, que em alguns momentos, principalmente na introdução, aparentam certa preguiça por parte dos designer gráficos.

Visão além do alcance

A jogabilidade é bastante facilitada pela visão isométrica do jogo. Ela foi conservada da franquia Strike por ser bastante usual, dando ao jogador um domínio e alcance territórial bastante útéis para cumprir as missões.
Os comandos respondem bem e a única desvantagem percebida era em manejar o mecha para os lados. Existe uma certa rotatividade que desperdiça segundos preciosos no jogo.
A propósito, X1-Alpha não te lembra alguém?
http://paper-replika.com/components/com_joomgallery/img_pictures/ed-209_56/ed-209_by_jo_purnomo_20110304_1263369144.jpg
Sim, isso mesmo.
O jogo possui duas modalidades: Story Mode e Free-Combat Mode. Ambos aceitam dois jogadores, com a diferença de que, no modo história, o jogador percorre os eventos do game, enquanto no modo de combate livre, os jogadores disputam um desafio semelhante ao de captura de bandeiras.
Controlando o mecha, temos acesso a três tipos de armas: armas comuns, armas pesadas e armas especiais. Cada uma com seu grau de destruição e consumo próprios.

Sem grandes surpresas

A trilha sonora de Future Cop: LAPD não é das mais chamativas. Serve apenas como um peretivo, já que o lance frenético do jogo acaba roubando toda a glória. As músicas geralmente são batidas futuristas ricas em samples eletrônicos e sintetizadores.
Efeitos de som são muito convincentes. O áudio do rádio de polícia sugere ao jogar uma boa simulação de uma missão policial, enquanto sirenes e sons de tiros e explosões tomam conta do cenário catastrófico das missões. Os gritos humanos são aterrorizadores, ainda mais enquanto você atira enormes labaredas nos inimigos. É de ranger os dentes!http://legacy.macnn.com/thereview/reviews/futurecop/flame.jpg

Adrenalida pura

Bombas, explosões e tiros por todos os lados! É assim que tende a ficar Future Cop: LAPD, após algumas horas de jogo. No início tudo é muito simples e prático, mas já mostra, desde então, o que te espera nas fases seguintes. Gritos humanos são ouvidos quando você, no comando do X1-Alpha, dispara tiros, acerta bombas ou queima os adversários vivos. Sim, existe uma semelhança sutil com GTA.
No mais, Future Cop: LAPD é para quem gosta de adrenalina e frenesi. Excelente se você quiser descontar aquela raiva guardada há anos e para quem é louco por ação e desperdício irracional de balas.
Para quem ainda não conhece, recomendadíssimo.
Revisão: Bruna Lima
Sybellyus Paiva escreve para o PlayStation Blast sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0. Você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.

Comentários

Google+
Disqus
Facebook