Hack da PSN em 2011 ainda pode render compensações a usuários

Usuários processam a Sony e querem compensação maior pelo vazamento de informações da PlayStation Network em 2011.

Pra quem é dono de um PlayStation 3 ou PSP desde meados de 2011, deve se lembrar de um fato lamentável que ocorreu em abril daquele ano. A PlayStation Network foi invadida por hackers, que tiveram acesso a dados de usuários da rede, em específico os números dos cartões de crédito dos mesmos. O incidente fez com que o serviço ficasse indisponível por cerca de 3 semanas e causou um prejuízo beirando os US$170 milhões.

Para compensar esse tempo fora do ar, a Sony criou o programa Welcome Back (Bem-vindos de volta), que compensou todos os usuários prejudicados na época com jogos grátis para download para o PS3 e PSP. A iniciativa da Sony foi interessante, mas como não se pode agradar a "gregos e troianos" a empresa não conseguiu ficar sem mais algumas "dores de cabeça".

Vários usuários não viram essa "camaradagem" da Sony como uma compensação, digamos digna, e mesmo assim ainda abriram processo contra a empresa pelo vazamento de informações confidenciais. Judicialmente, o resultado final destes processos ainda não saiu em definitivo, mas um acordo para compensar mais ainda os que foram prejudicados com hackeamento da PSN em 2011 está em andamento.

Na época, caso você não tenha conhecimento, a Sony proporcionou aos usuários que foram prejudicados com o incidente de 2011 a possibilidade de baixar, gratuitamente, dois jogos para seus sistemas. Na época o PS3 e o PSP. O usuário só poderia escolher dois jogos, independente do sistema, para download gratuito em sua conta. Você também pode conferir nossa matéria especial, publicada no mesmo ano para entender melhor o caso.

Desta vez, o tal acordo da Sony prevê que nesta nova compensação cada usuário prejudicado na época poderá escolher entre um destes três benefícios:
  • Um jogo para PS3 ou PSP da lista de jogos selecionados para o programa;
  • Três temas para o PlayStation 3;
  • Três meses de assinatura da PlayStation Plus.
Entretanto, quando o valor das compensações concedidas chegar ao valor de US$4 milhões, apenas assinaturas de um mês da PlayStation Plus serão oferecidas.

Já os usuários prejudicados no incidente, mas que não usufruíram do benefício concedido em 2011, terão direito a escolher dois dos benefícios listados acima. Mas quando o valor das compensações chegar a US$6 milhões, eles também poderão receber apenas assinaturas de um mês da Plus. Lembrando que, apenas os usuários que nunca assinaram a Plus poderão coletar este benefício.

Já os jogos para download, serão disponibilizados 8 jogos para o PS3 e 6 jogos para o PSP. Mas até o momento apenas 9 jogos foram confirmados para o programa.
  • Infamous (PS3)
  • LittleBigPlanet (PS3)
  • Super Stardust HD (PS3)
  • Rain (PS3)
  • Dead Nation (PS3)
  • LittleBigPlanet (PSP)
  • Killzone: Liberation (PSP)
  • ModNation Racers (PSP)
  • Patapon 3 (PSP)
O acordo ainda está sob análise judicial e pode custar à empresa cerca de US$15 milhões. A Sony ainda está recorrendo da decisão e o programa, caso aprovado, deverá entrar em vigor até 2015.

E você? Onde estava durante o hack da PSN em 2011?

Fonte: Gamespot via Polygon
Alexandre Galvão ou XelaoHerege (PSN) divide sua vida entre a graduação em Saneamento Ambiental pelo IFG, a organização da Liga N-Blast GO e aventuras no mundo gamer. Para ele, “é legal ser importante, mas o importante é ser legal”.

Comentários

Google+
Disqus
Facebook