Gintama Rumble (PS4/PS Vita) — o que gostaríamos de ver

Um jogo está para sair agradando aos fãs desse incrível anime, mas o que devemos esperar dele?

Gintama Rumble (PS4/PS Vita) será baseado na obra de Hideaki Sorachi que é publicada na Weekly Shonen Jump, a revista semanal lançada no Japão. O jogo será lançado pela Bandai Namco Entertainment primeiramente no Japão no dia 18 de janeiro de 2018, e será aguardado no ocidente pelos fãs da série.


Modo história

O mangá de Gintama começou a ser publicado em dezembro de 2003 e seu anime lançado apenas três anos após a estreia da série. O enredo  traz uma excitante e curiosa mistura de elementos de ficção científica com a história do japão feudal, além disso a trama contém uma grande quantidade de paródias e piadas que se intercalam com arcos dramáticos.


Gintama Rumble (PS4/PS Vita) trará um modo história contendo inicialmente oito capítulos, sendo estes famosos arcos já mostrados em suas mídias. Sendo que destes oito, quatro deles já foram confirmados junto com os personagens que serão os chefes das fases. A narração será feita por Hasegawa Taizou, um dos personagens, e a história conseguirá agradar os fãs e os novatos para a série.

As sagas já confirmadas são:

  • Benizakura com o chefe sendo Okada Nizou, o samurai cego;
  • Yoshiwara em chamas com o chefe sendo Housen, o rei da noite e Abuto;
  • Devas de Kabukicho com Dorimizu Jirocho e Tokumori Saigou como chefe;
  • Cortesã de uma nação com Sasaki Isaburo e Oboro sendo os chefes.

Possíveis arcos para o jogo são são:

  • Kintama contra Sakata Kintoki;
  • Escola de sabre de luz Obi-wan Hajime;
  • Assassinato do Shogun com o chefe Takasugi Shinsuke;
  • E o ultimo arco contra Yoshida Shouyou;


As paródias e piadas pesadas características da série devem ser retratadas no jogo com sutileza e habilidade, agradando os fãs e gerando boas risadas. Além do instrutivo modo história, seria interessante possuir um modo livre, com chance de possuir um cooperativo offline como outros jogos do estilo musou.

Paródia e os personagens

Todos os personagens de Gintama são únicos e interessantes, podemos apenas imaginar como seria controlar cada um deles em um jogo da série. Porém, apenas alguns possuem habilidades de combate, que é o principal foco do estilo musou, o que nos faz questionar: quais personagens irão aparecer no jogo?

Confirmados  temos o trio principal do jogo, junto com alguns personagens marcantes para as sagas já confirmadas, sendo eles:

  • Sakata Gintoki, o samurai bebâdo que gosta de mangá e doces como protagonista;
  • Shimura Shinpachi, o jovem de óculos fã de uma idolo;
  • Kagura, a jovem heroína glutona e boca suja;
  • Katsura Kotarou, o carismatico terrorista e amigo de Gintoki;
  • Takasugi Shinsuke, o anti-heroi e antigo amigo de Gintoki;
  • Tsukuyu, a ninja lider do grupo que protege a cidade subterranea de Yoshiwara;
  • Kamui, o irmão mais velho de Kagura e maníaco por batalhas;
  • Kondo Isao, o stalker e carismático líder do grupo policial, Shinsengumi;
  • Hijikata Toushirou, o vice-comandante do shinsengumi;
  • Okita Sougou, o sádico capitão do primeiro esquadrão do Shinsengumi;
  • Nobume Imai, a jovem que ama rosquinhas, do grupo rival ao Shinsengumi, o Mimawarigumi;


Além desses, é esperado que os personagens que serão chefes de fases também sejam jogáveis. Outros personagens marcantes para a série são esperados. Entre eles estão:

  • Sakamoto Tatsuma, o antigo companheiro de Gintoki que viaja pelo espaço;
  • Yagyuu Kyuubei, a jovem samurai que se apaixonou pela irmã de Shinpachi;
  • Sarutobi Ayame, a sadomaso ninja apaixonada por Gintoki;
  • Elizabeth, o alienigina companheiro de Katsura;
  • Tama, a android faxineira;
  • Kawakami Bansai, subordinado de Takasugi;
  • Hattori Zenzou, o ninja com hemorroidas que ama mangás;
  • Shimura Tae, a irmã de Shinpachi;
Outra mecânica interessante seria a de personagens que serviriam apenas para ajudar também seriam interessantes, como Gengai, Otose e Hasegawa, poderiam dar buff para aliados ou penalidade para os inimigos, tornando o jogo assim mais interessante e desafiador, e utilizando os interessantes personagens que a série oferece mas não são combatentes.

Outra coisa esperada para o jogo são as skins (roupas) dos personagens. Gintama é marcado por parodiar diversos programas, seja de sua própria cultura ou de outras. Com isso os personagens diversas vezes fazem o famoso cosplay, ou aparecem com roupas diferentes, gerando diversas piadas e risadas dos fãs, e isso é algo que devemos esperar do jogo, como Capitão espacial Katsura e o Hijikata Otaku.

Segmento de um musou

A jogabilidade provavelmente será rápida, como característico de jogos desse segmento, com bastante hack ‘n slash e duelos divertidos, focados em combos, que seguirão a história dos arcos da série. O combate será retratado no modo história e em um modo livre que permitirá a utilização de qualquer personagem nas batalhas.

Por se tratar de um musou, podemos esperar um sistema de habilidades que irá se expandindo ao ganhar níveis  com determinado personagem e um sistema de armas, que poderão ser melhoradas e trocadas para se adaptar ao estilo do personagem. Esses dois estão presentes em títulos ainda fora do segmento, gerando horas de  diversão e combate para os fãs.

Arte e música fazem a obra

O título anunciado para PS4 traz belos gráficos que conseguem retratar com fidelidade a obra de Sorachi. Os detalhes presentes nas fases demonstram que o time vem trabalhando com empenho para que esse jogo seja uma obra visual, realista e consiga realizar um boa imersão dos jogadores para dentro do universo de Gintama.

A trilha sonora de Gintama Rumble será composta por SPYAIR, banda responsável por diversas músicas de animes. O grupo japonês já teve suas músicas utilizadas em aberturas e encerramentos de Gintama e será a responsável exclusivamente. Podemos esperar uma excelente e cativante trilha sonora para o jogo.

Conclusão

Gintama Rumble mistura a diversão do estilo de jogos, musou, com a curiosa obra de Hideaki Sorachi, que contém diversas piadas e paródias. Trazendo a história da série junto à imersão do estilo ele promete agradar aos fãs e também aos novatos para a série, utilizando de seus personagens mais icônicos e criativos.

O jogo não foi totalmente revelado para o público, fazendo com que muito do texto tenha sido suposição, baseado no segmento de jogo e no estilo da história que agrada aos leitores da Shonen. Gintama Rumble tem previsão para ser liberado em janeiro de 2018, até lá só podemos esperar pelas novidades e por essa magnífica obra que está por vir.


Revisão: João Paulo Benevides
Antonio Stark escreve para o PlayStation Blast sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0. Você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.

Comentários

Google+
Disqus
Facebook