Perfil

De God of War (PS4), conheça Atreus, o filho de Kratos

Atreus surpreende e possui um importante papel a cumprir no novo jogo da franquia.

Publicado pela Sony este ano, God of War (PS4) apresenta um novo enredo e cenário, colocando Kratos em uma nova mitologia, mas outro elemento surpreende: Atreus. Apresentado como filho do espartano, auxilia-o durante a aventura, apesar de inexperiente na caça e em combate. O texto a seguir contém spoilers, leia por sua conta e risco.

A jornada ao lado de seu pai

Atreus é filho de Kratos e uma gigante de gelo chamada Laufey, a quem o garoto chamava de Faye. Possuindo uma infância adoentada, ele viveu por um longo período com a ausência de seu pai, que estava sempre caçando. Sua mãe foi a responsável por ensiná-lo sobre sua cultura e a caçar, porém nunca deixando-o tirar as vidas dos animais.

O garoto tem uma melhora na saúde e logo após sua mãe falece. Neste momento ele parte com Kratos para a maior montanha da região buscando despejar as cinzas de Laufey. Mas a inexperiência do garoto faz com que o espartano sempre ache tempo para repreendê-lo, ensinando sobre o caminho de um deus e de um excelente caçador. Ao longo dos diversos acontecimentos na jornada, Atreus demonstra uma grande habilidade de aprender línguas e conversar com as criaturas mágicas.

Habilidades não só para combate 

Embora não tão forte ou experiente como seu pai, Atreus mostra-se um excelente combatente, usando bem sua estatura e físico para fazer acrobacias e desferir ataques fatais. Somado a isso, ele também possui uma força sobre-humana e uma incrível durabilidade em combate e fôlego. Contando com um arco de caça que vai se aprimorando na aventura e uma faca, sendo a primeira faca dada por sua mãe e a segunda dada a ele por Kratos.

Ele também possui sentidos aguçados, dizendo várias vezes que consegue ler pensamentos e emoções, sentir pessoas e seus poderes, entre outros. O garoto também possui uma versão da fúria espartana, porém, após usá-la ele acaba desmaiando. Atreus também possui um excelente senso linguístico, conseguindo entender diversos dialetos, mesmo que nunca tenha tido contato com os mesmos antes.

Herança dos pais

Inicialmente Atreus aparenta ser uma criança gentil durante seus diálogos  com outros personagens. Ele também é aventureiro, demonstrando grande interesse em explorar o mundo e conhecer mais da mitologia nórdica. Por ser gentil, ele possui grande dificuldade em tirar uma vida inicialmente. Com grande devoção a Kratos, está sempre ao seu lado para ajudá-lo e não se mostra surpreso ao descobrir sobre o passado do pai.

Apesar disso, Atreus é inexperiente e acabou herdando características negativas de seu pai, como a fúria e o excesso de confiança. Após descobrir que é um deus, o garoto muda lentamente sua mentalidade se tornando convencido e impulsivo. Correndo para as batalhas sem hesitação, ele se torna desatento. Ele logo passa a conseguir tirar vidas, porém, após tomar um sermão de Kratos sobre a postura de um deus, o garoto retorna a sua mentalidade de aprendiz.

Seu verdadeiro nome e o grandioso destino

Atreus é um personagem em desenvolvimento, aprendendo formas de se tornar um caçador melhor e viver como um deus. Apesar da severidade apresentada por Kratos, o garoto ama seu pai, utilizando suas habilidades para salvá-lo sempre que necessário. Além disso, mostra seu crescimento tornando-se um excelente personagem.

Durante a jornada descobrimos o nome do garoto para os gigantes de gelo: Loki. Dessa forma, não só entendemos sua importância como também nos apegamos a ele. Esperamos que o garoto retorne mais maduro e experiente nos possíveis jogos futuros da franquia e com mais participações do que em seu titulo de estréia, principalmente caso ocorra o famoso Ragnarok.

Revisão: Marília Carvalho
Antonio Stark escreve para o PlayStation Blast sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0. Você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.

Comentários

Google+
Disqus
Facebook