Jogamos

Análise: Rainbow Skies (Multi) traz um sistema de RPG vibrante com horas de diversão

Além de horas de gameplay, iremos encontrar uma história que se condensa ficando ainda melhor.

Lançado pela EastAsiaSoft e desenvolvido pela Sidequest Studios, após seis longos anos de espera, finalmente chega para os fãs a sequência de Rainbow Moon (PS3/PSP), chamado de Rainbow Skies (Multi), apresentando muito mais conteúdo se comparado a seu antecessor. Um jogo de RPG um pouco diferente dos moldes tradicionais, trazendo diversão e inovação para o clássico sistema.

Forte e aprimorada narrativa

Começamos a aventura com Damion, um jovem que acabou bebendo demais e acordou com uma baita ressaca no dia de seu exame para domar monstros. Após alguns problemas na cidade de Arca, uma cidade flutuante, ele e seu amigo Layne caem para sua morte certa. Porém, durante a queda, eles acabam sendo afetados pela magia de Ashly, uma desastrada maga do mundo abaixo. A magia prende os três jovens para sempre e, como isso não é agradável, eles partem para achar uma forma de desfazê-la adentrando em uma aventura ainda maior.

A narrativa apresentada pelo jogo é bem forte, progredindo e fazendo com o que o jogador entre na ambientação criada pelos desenvolvedores. Além disso, os personagens possuem uma melhor comunicação e histórias mais convincentes, mudanças que possibilitam cativar mais os jogadores. Porém, pelo fato da história ser bem extensa, alguns jogadores podem ficar cansados de ler os textos e falas dos personagens, portanto recomendo jogar com moderação.

Mudanças sutis para a jogabilidade conhecida

Rainbow Skies apresenta diversas mecânicas já conhecidas para o estilo, mas com mudanças sutis. O extenso mapa que se apresenta para os jogadores possui tesouros e missões escondidos que fazem com que você desvie do caminho principal e aproveite para explorar bem os caminhos que se dividem. Além disso, ainda temos diversas outras opções como pescar, procurar tesouros enterrados, aprimorar armas e equipamentos, entre outros.

Para aumentarmos permanentemente os status de cada personagem contamos com a utilização das pedras de habilidade. Elas podem ser ganhas em combates ou como recompensas da exploração. Vale ressaltar que a cada nível mais habilidades do personagem são liberadas e, mesmo essas novas, podem ser aperfeiçoadas. As armas e equipamentos podem ser melhorados no ferreiro ou mesmo dentro dos combates, pois, a medida que os utilizamos, ganhamos experiência para deixá-las mais fortes.


Assim como as armas, utilizar as habilidades de cada personagem faz com que elas vão melhorando aos poucos e se tornando mais fortes. Ao atingir determinados níveis com uma habilidade (geralmente aprendida lendo livros), novas ramificações de poder ficam disponíveis. Esse sistema é gratificante e incentiva o jogador a testar novas habilidades, entrando em combates para ficar cada vez mais forte.

Também possui um sistema de rank, que faz com que os inimigos vão ficando cada vez mais fortes à medida que participamos de batalhas para grindar. Caso o jogador ache difícil continuar ele pode voltar e abaixar o seu rank, necessitando apenas localizar e conversar com um homem específico. Somado a isto, há um sistema que contabiliza a quantidade de vezes que algo foi feito, permitindo ao jogador manter um controle sobre suas ações e sobre o tempo que irá utilizar ganhando experiência.

Além disso, o jogo conta com sua maior novidade, um sistema de cross-save e cross-buy. Isso permite que o jogador aproveite-o em qualquer console Playstation (suportado pelo jogo) que possuir, tendo que comprá-lo apenas uma vez. O save também é compartilhado e permite continuar de onde parou em qualquer um dos consoles, PSvita, PS3 ou PS4. Esse sistema incentiva os jogadores a compra-lo e aproveitá-lo ao máximo onde estiver.

Combates e mais combates

O jogo se comporta como os diversos outros de seu estilo, em que controlamos um dos personagens e navegamos pelo extenso mapa enquanto interagimos com o cenário. Para entrar em combate podemos nos aproximar dos monstros que andam pelo mapa ou, caso o jogador queira, aceitando as lutas que aparecem no canto da tela. Esta última, mesmo não sendo obrigatória, oferece uma boa quantidade de experiência.

Antes dos combates podemos selecionar uma das formações táticas que são adquiridas pelo grupo. Elas podem ser ganhas em algumas lojas, missões e tesouros pelo mapa, cada uma favorecendo um certo tipo de estratégia. Além dos três personagens principais, monstros poderão ser domados e equipados, transformando-se em poderosos aliados durante as missões e oferecendo ainda mais formas de lutar.


Diferente de alguns jogos do mesmo estilo, os combates são rápidos e bem simples, permitindo que os jogadores se acostumem rapidamente. Ao entrar em combate somos teleportados para grids quadriculados, onde devemos derrotar os inimigos presentes para retornar ao mapa. Porém, se existe algo para se criticar nos combates é a movimentação. Mover os personagens não é algo tão instintivo, exigindo que o jogador tenha atenção para não gastar o turno só andando.

A tela de seleção de equipamentos, melhorias e missões é bem detalhada, possibilitando que ambos jogadores consigam entender facilmente o que se passa. Entretanto, precisamos manter um controle sobre as poções, alimentos e outros objetos que carregamos pois o espaço é limitado e exige que o compremos caso precisemos de mais.

Vale a pena?

Rainbow Skies faz com que os anos de espera dos fãs tenham sido bem utilizados. O jogo traz uma excelente trama com bastante conteúdo, amarrando bem os personagens e lhes dando ainda mais personalidade. As melhoras gráficas também se apresentam no jogo, seja na forma do extenso e colorido mapa ou na melhora das animações apresentadas pelos personagens e pelos inimigos.

Como se não bastasse, o jogo ainda possui uma boa quantidade de missões e de modos diferenciados para que o jogador às enfrente. Sendo isso possível através da escolha dos personagens ou de seus equipamentos e magias. Assim, permite que ele tenha um excelente controle sobre os personagens e decisões. Rainbow Skies é um excelente título contendo horas de diversão para os jogadores que gostam de bons desafios e jogos com uma excelente duração.

Prós

  • Narrativa melhor e mais aprofundada;
  • Grande quantidade de missões;
  • Belo e extenso mapa;
  • Combates rápidos;
  • Diversas formas de customizar os personagens;
  • Cross-Save e Cross-buy permitindo migrar o jogo entre as plataformas.

Contras

  • Textos muito longos e em grande quantidade;
  • Movimentação dos personagens durante os combates é um pouco confusa;
Rainbow Skies (PSVita/PS3/PS4) - Nota 9.0
Plataforma utilizada para análise - PS4
Revisão: Marília Carvalho
Cópia digital cedida pela EastAsiaSoft
Antonio Stark escreve para o PlayStation Blast sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0. Você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.

Comentários

Google+
Disqus
Facebook