Sony revela por que o PlayStation 4 custará R$ 3.999 no Brasil

Depois de toda a repercussão em torno do valor elevado pelo qual o PlayStation 4 será vendido no Brasil , a Sony prometeu e finalmente rev... (por Alberto Canen em 21/10/2013, via PlayStation Blast)

Depois de toda a repercussão em torno do valor elevado pelo qual o PlayStation 4 será vendido no Brasil, a Sony prometeu e finalmente revelou como chegou a esse número. Segundo Mark Stanley, vice-presidente e gerente-geral de PlayStation para a América Latina:
"dos R$ 3.999, 63% desse valor é destinado para compensar as taxas e impostos que são aplicados ao produto durante o processo de importação. Esses impostos são muitos – precisamos considerar o IPI sobre o preço de distribuidor e PIS/COFINS sobre o preço de varejo, além de outros impostos como ICMS e ICMS-ST. Veja em detalhes a quebra do modelo de preço no Valor Econômico. Outros 15,5% vão para a margem do varejista, e 21,5% para transferência de preço do PS4 (equivalente a USD $ 390)."
Planilha feita pela Sony

A Sony inclusive "perderá dinheiro" com as vendas do PS4 no país, segundo Mark Stanley. Uma solução a longo prazo encontrada pela empresa seria justamente fabricar o PlayStation 4 no Brasil. Stanley adiantou que eles já aceleraram esse processo, mas que não será ano que vem. Entretanto, o fato de o PlayStation 3 estar sendo fabricado no Brasil já agiliza a fabricação.

Ao menos um ponto positivo foi alcançado com toda essa repercussão: agora os tributos vão ser discutidos com mais afinco junto ao governo brasileiro. Mark Stanley prometeu, em entrevista ao G1, que a Sony tentará sensibilizar o governo brasileiro em relação à elevada carga tributária que os videogames sofrem:
"O IPI para videogames é de 50%, enquanto computadores pagam apenas 15%. Usaremos toda a repercussão negativa do nosso preço de lançamento e a levaremos para o governo brasileiro para tentarmos mudar alguma coisa na política tributária"
Uma questão que não poderia ficar de fora é a comparação com o preço do concorrente Xbox One. Como sabemos, o sucessor do Xbox 360 custará R$ 2.199, menos do que o PlayStation 4 custará de impostos (R$ 2.524). Segundo Stanley, para conseguir chegar a esse valor, ou a Microsoft conseguiu "um subsídio massivo" ou fabricará localmente o console. Apenas a empresa dona do Windows pode revelar como eles fizeram. A Microsoft já se pronunciou dizendo que comentará a respeito do Xbox One no Brasil durante a sua coletiva de imprensa na Brasil Game Show (BGS), dia 25 deste mês.
Alberto Canen é formado em Direito pela UFRN. Joga videogame desde os tempos do Atari e sempre acompanha as novidades na indústria de jogos. Está no Facebook e no Twitter.

Comentários

Google+
Disqus
Facebook