Jogamos

Em JoJo's Bizarre Adventure All Star Battle (PS3), lute diversas batalhas pelo futuro do mundo.

Explore o incrível universo do mangá criado por Hirohiko Araki, desafiando diversos oponentes nesse ótimo jogo de luta para o PS3.


JoJo's Bizarre Adventure (também conhecido como JoJo no Kimyou na Bouken ou então apenas JoJo para os íntimos) é um popular mangá, cuja publicação iniciou em 1987 e continua até hoje. Extremamente popular, influenciou diversos personagens de games e outros mangás, com isso não demorou a ganhar um anime e diversos jogos baseados em sua história. Poucos saíram do Japão, como JoJo's Bizarre Adventure para o primeiro PlayStation. Mas devido à popularidade que JoJo começou a ter no ocidente, a Bandai Namco lançou uma versão ocidental para seu último lançamento da sére, JoJo's Bizarre Adventure All Star Battle, que comemora 25 anos do lançamento do mangá. Conheça mais desse incrível game de luta desenvolvido pela CyberConnect2, a mesma empresa responsável por jogos de séries como .hack// e Naruto!

Quase um mundo do rock

A história se inicia na Inglaterra em 1868, com o conflito entre Jonathan Joestar e seu antagonista Dio Brando, que quer dominar o mundo. Aliás, tanto Dio quanto Brando são nomes de figuras famosas, como o já falecido vocalista Ronnie James Dio e o ator Marlon Brando. Pois então, saiba que essa é uma das diversas referencias que você vê por aqui. Ainda vão ter Will Zeppeli (baseado na banda Led Zepellin) e Esidisi (leia AC/DC) entre os personagens, alguns poderes como os stands Red Hot Chilli Pepper e Whitesnake (baseados nas bandas homônimas) e até golpes como Sheer Heart Attack (música da banda Queen). Pelo jeito o autor era fã de rock!
Dio é um de seus oponentes. Pronto para encarar, sabia?

Os protagonistas de cada um dos arcos do mangá possuem um nome que resumido acaba virando JoJo, como Jonathan Joestar, Jotaro Kujo ou Giorno Giovanna. Apesar de poucas opções para escolher na primeira vez que você inicia o jogo, ele tem bastante conteúdo para ser desbloqueado. São 32 personagens no total, e mais nove adicionáveis via DLC. Eles são liberados conforme você realiza os capítulos do modo Story, que explica e revive combates dos diversos arcos do mangá.
Conheça os personagens do jogo, alguns junto a seus respectivos Stands

Ao combate!

Diversos efeitos especiais são aplicados tanto ao jogador quanto seu oponente para replicar fielmente os combates durante o modo Story. Enquanto alguns são bem fáceis como inimigos com dano reduzido, outros são extremamente complicados, como inimigos causando maior dano ou você causando menos do que o habitual. Se ficar muito difícil, é possível adquirir alguns bônus temporários com dinheiro que você ganha após os combates. E após terminar uma saga, você também pode fazê-la ao contrário. Ou seja, seja o vilão também e inverta os combates que você acabou de ganhar.
Na primeira batalha, você luta como Joseph contra Zepelli. Mas também é interessante ver o outro lado da luta.

O jogo apresenta diversos modos interessantes mesmo para quem não conheça a história dos JoJo. Além dos clássicos modos Arcade, Online, Versus e Training e o já citado Story, ainda existe o modo Campaign. Nesse modo você encara o avatar de outros jogadores online (mas não o próprio), e eventualmente alguns chefões. Vitória contra eles libera medalhas, utilizadas para customizar os personagens com novas roupas ou poses para seus combates. Com isso você consegue customizar bastante antes de partir para os combates na internet. O lado ruim é que você consome uma barra de energia cada vez que busca um novo adversário nesse modo, e ela só recupera depois de certo tempo. Então parece que você está jogando algo free-to-play com uma mecânica de microtransações para facilitar. Lembra um pouco o sistema Bravely Second de Bravely Default.

O melhor de vários mundos

Os combates funcionam de uma maneira similar às últimas iterações de Street Fighter, com três botões variando entre ataque fraco, médio e forte, provações, agarrões, golpes especiais conforme combinação do direcional e ataque, assim como especiais dependendo de uma barra de energia. Porém, aqui o botão X é utilizado para alterar o plano do personagem. Então você pode se movimentar 360 graus em volta de seu inimigo, lembrando a mecânica da série Tekken. Outra coisa que herdou de outros jogos foi quando os dois jogadores executam algum comando em sequência. Nesse caso, os dois jogadores ficam se confrontando e aquele que apertar mais vezes o botão quadrado ganha o duelo. Essa mecânica podia ser vista na série Samurai Shodown por exemplo.

Além disso, os diversos personagens se dividem em algumas categorias de combate. Alguns utilizam Hamon, que usa técnicas de respiração para gerar energia especial e gastá-la nos golpes. Outros são vampiros que podem drenar energia vital e especial de seu inimigo. Ou então, existem os que podem mudar de forma, ficando mais fortes enquanto gastam sua barra de energia especial. Ainda existem usuários de Stand, que lutam com um espírito guardião a seu lado, e personagens montados, que utilizam cavalos para maior mobilidade durante o combate. A mistura disso tudo faz as lutas ficarem imprevisíveis. Tudo seguindo as origens de cada personagem.
Sinta a energia do Hamon fluindo por seu corpo!


E apesar de poucos cenários quando comparados ao número de personagens (são 12 no total), todos são bem detalhados e possuem algum tipo de mecânica para sua interação. Uma área vermelha fica brilhando no chão, e quando algum dos personagens caem nesse local, a mecânica é ativada e continua acontecendo durante todo o combate. São várias possibilidades, como uma biga puxada por dois cavalos correndo em disparada, um lustre solto ou até outro personagem aguardando para um ataque surpresa. A última coisa que você vai querer é estar na área vermelha quando o efeito acontecer, pois causa um dano considerável. Também existe outra interação com os cenários, dependendo de como finalizar o combate. O derrotado pode ser arremessado contra uma caixa d’água, arremessado de uma janela ou levado para o mundo dos mortos. Todas as lutas aqui são com estilo.
Ser atropelado por um carro não é muito agradável...

Lute com estilo!

JoJo's Bizarre Adventure All-Star Battle é um excelente jogo para fãs da série, por ter até mesmo golpes com efeitos diferentes contra alguns personagens, conforme foram realizados no mangá. Os gráficos em cel-shadding ajudam a passar um estilo único para a história, e ficam muito bem durante animações de golpes especiais e finalizações. Porém, os gráficos são limitados a 30 fps, então não fluem tão bem quanto o hardware do PlayStation 3 permite. Um pouco mais de trabalho da CyberConnect2 faria tudo mais bonito.
As animações dos golpes especiais são muito legais, mesmo limitadas a 30 fps

Outro problema é que na versão ocidental do jogo alguns nomes foram alterados, visando evitar problemas com casos de copyright. Quem não conhece a história não liga, mas é estranho para um fã ver Jean Pierre Polnareff virar Jean Pierre Eiffel. Poderiam ter tentado um acordo antes de sair alterando as coisas. Pelo menos, a dublagem é a mesma utilizada no anime, e foi muito bem aproveitada, inclusive para personagens secundários que não fazem parte do cast de lutadores. Eles te acompanham enquanto você navega nos menus, explicando e fazendo comentários. Só fica estranho quando citam o nome do personagem em japonês e você vê que é diferente do que está escrito.
É estranho utilizar o Polnareff e ouvir Eiffel. Alias ele te lembra alguém? Benimaru de King of Fighters é baseado nele.

Apesar desses pequenos defeitos, a experiência com o jogo é muito boa. O game até chegou a receber uma nota 40/40 da famosa revista nipônica Famitsu. Os combates são bem divertidos, ainda mais executando os golpes especiais ou assistindo as conversas durante o modo Story. Assim como é legal customizar um personagem e tentar alcançar tudo dentro do Campaign. A cada chefe encontrado e derrotado passa uma enorme sensação de alívio. JoJo's Bizarre Adventure All-Star Battle está disponível para PlayStation 3, tanto em mídia física quanto na PSN, inclusive com uma demo, então vale a pena conferir. E como o próprio site oficial diz: Fight with style!

Prós
  • Diversas opções de customização dos personagens;
  • Mecânicas criativas durante os combates;
  • Muito conteúdo extra para ser explorado por fãs;
  • Golpes com muito estilo!

Contras
  • Personagens com forças desequilibradas;
  • Microtransações para um dos modos de jogo.


JoJo's Bizarre Adventure All-Star Battle — PS3 — Nota: 8.0


Revisão: Leonardo Nazareth
Capa: Stefano Genachi
Vinicius Eleno é formado em Administração de Empresas pela USP, e mestre em cultura inútil pelas experiências de vida. Desde 1993 gosta de explorar o mundo dos games em seu tempo livre. Pode ser encontrado reclamando da vida no Facebook e Twitter.

Comentários

Google+
Disqus
Facebook