Sony recusou o EA Access

O passe da EA que estará disponível para o Xbox One também foi oferecido para a Sony, que recusou; entenda os motivos.

Ontem noticiamos sobre o serviço de assinatura da Electronic Arts, o EA Access, que pelo preço de US$ 4,99 mensais (ou US$ 29,99 anuais) premiará os assinantes com jogos gratuitos e descontos em jogos futuros da companhia. Contudo, o anúncio foi feito apenas para o Xbox One.


Estranhando esta exclusividade, já que a EA vem dando forte apoio também ao PlayStation 4, o portal Game Informer entrou em contato com a Sony via e-mail para saber por que o atual líder de vendas da nova geração não havia sido incluído no programa.
"Nós avaliamos a oferta do EA Access e decidimos que o serviço não traz o valor que os consumidores PlayStation esperam. A quantidade de membros do PlayStation Plus aumentou em mais de 200% desde o lançamento do PlayStation 4, o que mostra que os jogadores estão procurando por parcerias que ofereçam uma multiplicidade de serviços, para várias plataformas, por um preço baixo. Não achamos que pedir mais 5 dólares por mês por este programa em específico represente um bom valor para o jogador PlayStation", foram as palavras da Sony.
Se você não sabe, o PlayStation Plus é um serviço de assinatura da Sony que garante dois jogos ao mês, sem custo adicional, para o PS3, PS Vita e PS4, sendo que estes jogos serão para sempre do assinante, desde que a conta continue ativa; tudo isto pelo preço de R$ 99,99 no pacote anual (US$ 49,99 nos Estados Unidos para o mesmo período). Algo similar ao Games With Gold, da Microsoft.

Fonte: Game Informer
Vitor Tibério é amante de jogos eletrônicos desde que bateu os olhos em alguns pixels do NES. Hoje leva a sério as disputas de Mario Kart mas tem um (enorme) espaço no coração reservado à franquia Zelda. Já jogou e rejogou quase todos os games da série e não consegue parar de explorar a Hyrule de Breath of the Wild.

Comentários

Google+
Disqus
Facebook