Nos Estados Unidos, Sony deverá reembolsar quem comprou o PS Vita

Empresa foi acusada de usar propaganda enganosa para promover o portátil.


Os norte-americanos que compraram o PlayStation Vita terão direito a um reembolso. Isso porque o Federal Trade Commission, órgão de defesa do consumidor dos Estados Unidos, abriu processo judicial contra a Sony alegando que a empresa usou propaganda enganosa para promover o portátil.


Segundo o Federal Trade Commission, a Sony enganou o público ao divulgar campanhas publicitárias informando que seria possível jogar no portátil os títulos de PlayStation 3 através do Remote Play. Além disso, também foi dito que os jogadores poderiam usar o PS Vita para continuar o progresso desses games através dos sistemas Cross-Play e Cross-Save.

Apesar de alguns jogos permitirem essas funcionalidades, o Federal Trade Commission avaliou que foram em poucos casos e em outros era preciso comprar o game nas versões de PS3 e PS Vita para funcionar, como em MLB 12: The Show. Outro exemplo mencionado é o de Killzone 3, no qual a Sony dizia que os usuários do portátil poderiam jogar remotamente o shooter exclusivo de PS3, o que nunca chegou a acontecer.

As acusações do Federal Trade Commission não terminam por aí, o órgão também afirma que a Sony deu a entender que os consumidores que optassem pela versão 3G do PS Vita, que custava 50 dólares a mais, poderiam participar de partidas multiplayer online, quando na verdade isso não era possível.

Para evitar a batalha nos tribunais, a Sony aceitou a acusação e fechou um acordo com o Federal Trade Commission. A empresa se comprometeu a reembolsar quem comprou o PS Vita antes de 1 de junho de 2012, com isso, os consumidores terão direito a receber 25 dólares em dinheiro ou crédito, ou então, 50 dólares para serem usados em jogos ou serviços. Assim que o processo for encerrado, a Sony enviará um e-mail de notificação aos jogadores informando como eles poderão receber o reembolso.

Fonte: Eurogamer
Vinicius Veloso é jornalista e obcecado por games (não necessariamente nessa ordem). Seu vício começou com uma primeira dose de Super Mario World e, desde então, não consegue mais ficar muito tempo sem se aventurar em um bom jogo. Está no Facebook ou Twitter.

Comentários

Google+
Disqus
Facebook