PlayStation 4 e PS Vita serão lançados ainda este mês na China

Apesar da chegada dos consoles às lojas chinesas, catálogo de games será reduzido.

Após série de adiamentos, finalmente a Sony começará a vender seus mais recentes consoles na China. A previsão inicial era de que o PlayStation 4 e o PS Vita chegassem ao país em 11 de janeiro deste ano, porém três dias antes da data o lançamento foi cancelado sem nenhuma explicação oficial. Mas, agora, a espera dos consumidores parece ter chegado ao fim e em 20 de março os videogames já poderão ser encontrados nas prateleiras das lojas chinesas.


Com isso, a Sony estará de volta à nação mais populosa do mundo após quase 15 anos, já que o último console da empresa vendido em território chinês foi o PlayStation 2. Esse longo período de ausência é explicado pela antiga legislação do país que proibia a venda de qualquer tipo de videogame, porém o governo local derrubou essa medida no ano passado. A Sony não é a única empresa que decidiu explorar o potencial do mercado chinês, o Xbox One também já está disponível na China desde setembro de 2014.

Mesmo depois de a lei que proibia a venda de videogames ter sido cancelada, ainda há o problema da censura, que pode limitar bastante a quantidade de títulos disponíveis. No lançamento, PlayStation 4 e PS Vita terão lista reduzida de games (veja abaixo).

PlayStation 4
  • DYNASTY WARRIORS 8: Xtreme Legends Complete Edition
  • King of WuShu:Free Early Access Edition
  • KNACK
  • Mr.Pumpkin Adventure
  • Rayman Legends
  • Trials Fusion
PS Vita
  • DYNASTY WARRIORS 8: Xtreme Legends Complete Edition
  • Farming Simulator 14
  • FINAL FANTASY X HD Remaster
  • FINAL FANTASY X-2 HD Remaster
  • One Tap Hero
  • Rayman Legends
  • TOUKIDEN-KIWAMI
Fonte: Eurogamer
Vinicius Veloso é jornalista e obcecado por games (não necessariamente nessa ordem). Seu vício começou com uma primeira dose de Super Mario World e, desde então, não consegue mais ficar muito tempo sem se aventurar em um bom jogo. Está no Facebook ou Twitter.

Comentários

Google+
Disqus
Facebook