Horizon Zero Dawn (PS4) tem expansão de história em desenvolvimento, confirma Guerrilla Games

Diretor da Guerrilla Games não revelou se a expansão trata-se de uma DLC ou uma sequência



A Sony divulgou na manhã de hoje (16) que Horizon Zero Dawn vendeu 2.6 milhões de cópias (físicas e digitais) em apenas duas semanas de lançamento. 


Segundo a empresa, este é o jogo mais vendido do PS4 neste primeiro trimestre de 2017 e marca a maior estreia da Guerrilla Games, superando vendas de títulos da série Killzone.
"Sabíamos que Horizon Zero Dawn iria ser algo especial, então ver a reação da crítica para um jogo com um mundo totalmente novo foi muito gratificante. "Guerrilla criou um jogo excepcional, e a reação que vimos de fãs mostra o quão impactante tem sido", revelou o chefe da Sony Interactive Entertainment Worldwide Studios, Shawn Layden em comunicado. 
O diretor geral da Guerrilla Games, Hermen Hulst também apresentou um comunicado:

"Estamos muito felizes que Horizon Zero Dawn foi abraçado tanto pelos críticos como pelos jogadores. Desenvolver o jogo foi um trabalho de amor, por isso é extremamente gratificante ver  a mesma paixão e entusiasmo do público, assim como sentimos durante o seu desenvolvimento." 
Hulst também confirmou que a Guerrilla Games já está trabalhando em uma expansão para a história do jogo, no entanto, não revelou outros detalhes, tais como se esta expansão trata-se de uma DLC ou uma possível sequência. Na semana passada, Samrat Sharma, produtor do jogo, revelou em entrevista que uma sequência de Horizon Zero Dawn é possível, mas também não deu quaisquer informações sobre.

"Esta é apenas o começo da história de Aloy em nossa exploração pelo mundo de Horizon Zero Dawn. A equipe já está trabalhando duro em uma expansão para a história."
Horizon Zero Dawn é um RPG de mundo aberto e foi lançado em 28 de fevereiro para PlayStation 4.

Tiago R. Herrmann escreve para o PlayStation Blast sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0. Você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.

Comentários

Google+
Disqus
Facebook