Hands-on

BGS 2018: Blood & Truth (PSVR) é ação frenética e empolgante do começo ao fim

Encare o papel do típico policial de filmes de ação, que acaba com hordas de bandidos com o mesmo revólver.

Entre as novidades que foram apresentadas para o PSVR na Brasil Game Show, uma das mais concorridas era o shooter Blood & Truth. O jogo, produzido pela divisão londrina da própria Sony Interactive Studios, te coloca na pele do soldado Ryan Marks, que enfrenta uma quadrilha de bandidos para resgatar sua família.


A premissa de filme policial dos anos 80 pode parecer batida, mas se encaixa perfeitamente com o ambiente criado. Na demo analisada pela nossa equipe, passamos por um breve tutorial em que aprendemos os comandos básicos como sacar e recarregar a arma, além de como se deslocar rapidamente entre os pontos de cobertura.

Logo após o rápido aprendizado, somos conduzidos para um local inóspito onde os caras maus nos aguardam, com um arsenal pesado. A progressão pela fase é automática, sempre mantendo o mesmo ponto de início e fim. Entretanto, existem maneiras de se variar esse caminho com base nas escolhas feitas entre os pontos indicados.


Um dos aspectos mais impactantes é que os inimigos abatidos continuam no cenário, o que aumenta o realismo. É bem impressionante olhar para baixo e para os lados durante o tiroteio pela primeira vez que nos aproximamos de algum lugar.

Porém, não é só de balas e granadas que vive esse justiceiro implacável. Também será necessário usar as mãos (e a cabeça) para solucionar diversos enigmas. Durante o período que jogamos, foi possível abrir uma caixa de fusíveis e destrancar um cadeado. Enquanto o primeiro foi bem simples, o segundo se mostrou um pouco mais confuso, dando a impressão que bastasse alguns movimentos aleatórios para ser resolvido.


Bullets & Truth será lançado exclusivamente para PlayStation VR em uma data ainda a ser anunciada.
Carlos França Jr. escreve para o PlayStation Blast sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0. Você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.

Comentários

Google+
Disqus
Facebook