Top 10

Dez jogos que faltaram no PlayStation Classic

Seguindo a concorrência, a Sony entra no mercado de consoles retrô, mas já sentimos falta de alguns títulos


Seguindo a onda de sucesso da concorrente Nintendo, com seus NES Classic Edition e SNES Classic Edition, a Sony irá lançar o PlayStation Classic no dia 3 de dezembro. É uma réplica compacta do clássico console da empresa, com 20 jogos instalados na memória e dois controles que simulam o joystick original, ainda sem analógicos.


Sua lista de títulos é questionável. Ela inclui, sim, muitos jogos que marcaram os jogadores, mas também conta com alguns que não se sabe nem por que estão lá (Super Puzzle Fighter II Turbo, estou falando de você). E pensando nisso, trouxemos aqui os dez games que mais sentimos falta nessa coletânea.

10 - Tony Hawk’s Pro Skater 2

Apesar da décima posição, a série Tony Hawk marcou demais a geração PlayStation com sua jogabilidade fluida, divertida e regada ao ritmo do rock e hip hop. O jogador entrava no papel de um skatista famoso (dentre eles o próprio Tony Hawk), ou de um avatar criado por ele mesmo, para cumprir missões acrobáticas em troca de dinheiro que poderia ser usado para a aquisição de novas habilidades ou skates.

O primeiro título também é excelente, mas escolhemos sua continuação para a lista pois traz melhorias significantes, como o já citado editor de personagem e um editor de pistas de skate, ambos que são padrões da série até hoje. Além disso, esse é o único game da franquia onde é possível desbloquear o Homem-Aranha como um skatista jogável.

09 - Driver: You Are the Wheelman

Apesar do PlayStation Classic contar com o primeiro GTA, os fãs de Driver com certeza ficaram orfãos com a não-inclusão deste clássico do mesmo gênero. O game se passa nas cidades de Miami, São Francisco, Los Angeles e Nova Iorque. No controle de John Tanner, detetive nova-iorquino e ex-piloto de corridas, o jogador deve cumprir missões infiltrado em um grupo de gângsteres.

08 - Jackie Chan Stuntmaster

Um clássico perdido dos beat ’em up, Jackie Chan Stuntmaster traz o nosso ator favorito de filmes de kung fu como protagonista. O enredo é simples: seu avô Fredrick foi sequestrado e Jackie precisa ir atrás dos responsáveis em 15 fases situadas na cidade de Nova Iorque.

Um dos grandes diferenciais do jogo é o fato de que a captura de movimentos para o personagem foi feita com o próprio Jackie Chan, que também dublou o game. E um vídeo especial com o ator aguarda aqueles que terminarem o game com todos os dragões dourados.

07 - Gran Turismo

É bem incômodo que o jogo mais vendido do PlayStation original não esteja incluso na lista da sua versão Classic. O motivo pra isso? Talvez nunca saibamos. Mas é fato que essa ausência vai pesar bastante no coração dos fãs de jogos de corrida, pois Gran Turismo é uma das franquias do gênero mais amadas de todos os tempos.

O desenvolvimento do primeiro título da série durou 5 anos e foi coberto por incertezas, e até hoje o produtor Kazunori Yamauchi declara estar insatisfeito com o resultado, mas reconhece a excelente IA do game em comparação aos concorrentes. Sua sequência, Gran Turismo 2, é o terceiro game mais vendido do PlayStation e também não está inclusa na versão Classic. Qual é, Sony?

06 - Crash Team Racing

Já que estamos falando de corrida, é obrigatório ressaltar a ausência do melhor clone de Mario Kart que o mundo dos games já viu. Crash Team Racing une todo o carisma do mundo e personagens dos jogos Crash Bandicoot, com o caos e diversão das mecânicas estabelecidas pelo clássico game de corrida do encanador italiano. O jogo ainda conta com uma história principal, justificando os personagens em karts na sua luta contra o vilão Nitros Oxide.

05 - Final Fantasy Chronicles

Trapaceando um pouco na nossa lista, trazemos essa coletânea de título enganoso, pois da franquia Final Fantasy ela traz apenas o quarto jogo da série. O outro game é Chrono Trigger, por sua vez o real motivo para termos adicionado Chronicles ao nosso Top 10. Além de ser considerado até hoje como um dos melhores RPGs já feitos, a versão de PS1 foi a primeira a trazer CGs animadas, o que deu um toque muito especial ao jogo como um todo.

04 - Spyro: Year of the Dragon

Com toda certeza ter os três games do dragãozinho roxo seria o ideal, mas se temos que escolher apenas um ficamos com o terceiro título da franquia por ser o mais completo e bem polido. É uma pena que um jogo de plataforma tão histórico tenha ficado de fora da seleção do PlayStation Classic. Uma curiosidade: o título traduzido é “Ano do Dragão” devido a ser esse o animal do zodíaco chinês para o ano de lançamento do game.

03 - Castlevania Symphony of the Night

O game responsável por elevar a popularidade de Alucard com seu design estiloso de longos cabelos loiros, o qual foi replicado para a animação da Netflix. Considerado como um dos melhores jogos de todos os tempos, a sua ausência na versão Classic do PlayStation está sendo muito sentida pelos fãs da série. Principalmente agora que a franquia está cada vez mais em evidência devido ao desenho já citado.

02 - Final Fantasy VIII ou IX

Nos recusamos a escolher, mas com certeza um destes dois títulos poderia ter figurado no lugar de um dos vários jogos que nem sabemos de onde saíram. Estamos muito agradecidos pela presença de Final Fantasy VII, mas estes games também são excelentes representantes da franquia e mereciam um lugar ao sol. Principalmente Final Fantasy VIII que não vê um port ou remake desde a sua versão para Windows.

01 - Crash Bandicoot: Warped

Uma coletânea de jogos clássicos do PlayStation não incluir um game do Crash é o mesmo que uma coletânea de jogos clássicos do Nintendinho não incluir um game do Mario. É praticamente inaceitável e beira ao revoltante. Não poderia haver outro para figurar no primeiro lugar na nossa lista.

Escolhemos o terceiro game da franquia pelo mesmo motivo que selecionamos o terceiro jogo de Spyro: é mais bem polido e une tudo de melhor das mecânicas dos títulos anteriores com inovações que não falharam ao arriscar em acrescentar algo novo. As fases baseadas em diferentes períodos históricos acrescentam um ar fresco a cada partida e garantem que a experiência com Crash Bandicoot: Warped nunca seja monótona.
Estes são os títulos que sentimos falta no PlayStation Classic.
E você? Tem algum game favorito que faltou nesta lista ou na seleção oficial do console?
Nos conte nos comentários e não esqueça de ficar ligado no Blast para saber de tudo que rola no mundo dos games!

Revisão: Francisco Camilo

Link Beoulve é um jornalista freelancer, amante de jogos de todos os tipos, principalmente videogames. Enciclopédia ambulante de Zelda, Mestre Pokémon aposentado, caçador de monstros traumatizado. Você pode conferir seu portfólio aqui.

Comentários

Google+
Disqus
Facebook