Discussão

A Sony venceu a E3?

A cada E3 jogadores e mídia discutem quem foi a melhor empresa. Confira nossa análise da Sony no evento deste ano.


A E3 2014 sacudiu a última semana do mundo gamer. Agora que a feira acabou, chegou o momento de olhar para ela sem mais aquele calor do momento. Será que a Sony apresentou a melhor conferência que poderia apresentar? A Sony venceu a E3? Essas são algumas das perguntas que os possuidores e entusiastas dos consoles da empresa se fazem. Mas, o que é, afinal, ganhar a E3? Confira por que a Sony não foi tão mal como muitos apontaram e conseguiu, sim, trazer um bom número de jogos, novidades e aproveitar a E3 neste ano.

O melhor lugar para jogos multiplataforma

A conferência pré-E3 da Sony começou com Destiny. O título já havia sido apresentado no ano passado. Desta vez, ele voltou com mais gameplay e com o anúncio de conteúdos adicionais para o PS4, além da notícia de que o jogo chegará primeiro ao console da Sony. E essa ideia de que os títulos chegarão antes e melhor ao Playstation 4 foi a tônica de boa parte do evento. Diversos jogos Third Party que, se não chegam antes ou com conteúdo adicional, terão um visual melhor, ou pelo menos essa é a promessa da Sony.

São games como Far Cry 4Batman: Arkham KnightCall of Duty: Advanced WarfareEvolveMortal Kombat X Assassin's Creed Unity. No caso de Far Cry 4, o jogador poderá convidar um amigo via PSN para ajudá-lo em determinados momentos, mesmo que o colega em questão não tenha o jogo. Essa é uma proposta interessante, além de uma jogada de marketing das mais inteligentes. O jogador convidado vai testar e se envolver com o título, o que aumenta a probabilidade dele querer comprá-lo depois.
Far Cry 4 está bastante bonito!
Já No Man's Sky é um jogo que merece um parágrafo exclusivamente para ele. O título mostrado na conferência da Sony aparenta ser inebriante. A proposta estética é bem interessante, e está, ao que tudo indica, sendo desenvolvida com o uso de gráficos bem bonitos. A proposta de exploração e de jogabilidade é ousada, sendo expansiva e intimista ao mesmo tempo. Enfim, se o jogo for dez porcento do que parece ser, teremos um senhor título em nossos consoles em um futuro próximo.

A Sony se esforçou para demonstrar que o Playstation 4 é o console ideal para os jogos multiplataforma. É nele que teremos o melhor visual e, em vários títulos, conteúdos adicionais ou até mesmo primeiro acesso. Considerando que uma grande parcela desses títulos que chegam à diversos consoles possuem muitos fãs e consumidores, essa proposta não é algo, absolutamente, irrelevante. Ser o "melhor lugar" para esses games é muito importante.
No Man's Sky é um game que conseguiu cativar na E3 2014

As exclusividades da Sony

Se os jogos multiplataforma são importantes e agregam muitos fãs, não podemos negar que as exclusividades são o diferencial de cada plataforma. A Microsoft se empenhou bastante nesse sentido e a Nintendo demonstrou que está ciente de que apenas ela pode aumentar as vendas do Wii U através de seus aguardados exclusivos e, quem sabe, atrair as desenvolvedoras para o seu console. Do lado da Sony, tivemos títulos bem interessantes.

O grande nome é The Order: 1886. As mecânicas do jogo apresentadas até o momento são bem genéricas, mas o visual e a atmosfera do título não decepcionam, longe disso. The Order será importante para a Sony, pois, além de ser um game para bater de frente com Gears of War, ele pode representar a sedimentação da Ready at Dawn, que havia feito apenas jogos portáteis até então, e com isso colocar nas mãos da Sony mais uma desenvolvedora trabalhando exclusivamente em jogos AAA.
Para os proprietários de InFamous: Second Son, a boa notícia é de mais um DLC. Desta vez controlaremos Fetch, a colega de Delsin. A expansão poderá ser jogada por quem não tiver o Second Son, mas os donos do título terão conteúdo extra.

Little Big Planet 3 chegou para descontrair a conferência, exatamente porque o jogo parece muito divertido. Três novos amigos se juntarão ao Sack Boy, dando a possibilidade dos jogadores passearem pelos belos cenários usando as habilidades diferentes de cada personagem. O título já contará com todas as fases criadas pela comunidade para os jogos anteriores, com texturas e efeitos melhorados no PS4.
Uma das obras mais maduras de Tim Schafer, Grim Fandango, receberá uma remasterização para os consoles Sony (ainda não se sabe se o jogo será exclusivo, mas a chance de que saia pelo menos para PC é bem alta, visto que o próprio Tim divulgou que existem conversas sobre outras plataformas). Assim como aquela goleada de 5 a 1 da Holanda sobre a Espanha, tenho certeza de que ninguém apostou na possibilidade do título estrelado por Manny Calavera reaparecer depois de quinze anos. Para quem nunca jogou, saibam que se trata de um adventure simplesmente genial.

A versão de The Last of Us para Playstation 4 também foi mostrada na feira. O jogo já era bem bonito, e a ideia é que ele fique mais bonito ainda. Uma boa pedida para quem não jogou, ou até mesmo para os fãs que certamente o jogarão novamente. Não foi, no entanto, a única remasterização vinda do PS3. Grand Theft Auto V chegará para PS4, Xbox One e PC em uma versão graficamente melhorada. Além disso, o possuidor do console da Sony poderá transmitir os seus dados salvos tanto do Playsation 3 quanto do Xbox 360. A empresa deu um recado claro para os donos de um 360 que ainda não se decidiram por um novo console: venha para o PS4, e você poderá jogar pela primeira vez The Last of Us enquanto continua a se divertir com seu GTA V.
The Last of Us é um jogo recente, e mesmo assim já tem muito fã com saudade
Os criadores do aclamado Journey estão preparando Abzu. Mudando drasticamente de localidade, do deserto para o ambiente aquático, seremos convidados a "conhecer a água". Ainda não temos muitas informações sobre o título, mas as imagens são animadoras. Outro exclusivo com poucas informações é Let it Die, da mente louca de Suda 51. Sabemos apenas que o jogo será free-to-play e envolverá pessoas de cueca em matanças sanguinolentas.

Muita gente não está dando a devida atenção, talvez porque trailers sem gameplay não são aquilo que todos aguardam, mas Bloodborne, o novo jogo de Hidetaka Miyazaki (o cara por trás de Demon's Souls e Dark Souls) é uma grande exclusividade do PS4. Alguns vídeos mostrando o jogo vazaram e ele está do jeito que os fãs da série gostam. Com certeza será um ótimo jogo. O título está programado para março de 2015 e, caso não haja mudança da data, iremos ter uma das melhores experiências da oitava geração, pode confiar.
Bloodborne é uma colaboração entre a From Software e a Sony Japan
E, assim como a conferência da Sony, terminamos com Uncharted 4: A Thief's End. Nada de gameplay, um tanto de mistério sobre a história, mas as imagens muito bonitas de um Nathan Drake mais velho já são suficientes para causar expectativa. A Naugthy Dog é, quer você goste dos games dela ou não, uma das principais desenvolvedoras de jogos da atualidade, e contar com seus títulos de forma exclusiva é um apoio que qualquer console gostaria de ter.

É claro que muitos jogadores esperavam ver outras novidades além destas. Um novo God of War, o eterno The Last Guardian, alguma nova IP ou algo inesperado. No entanto, o que a Sony apresentou foi sólido e diverso. É importante apontar que a empresa chegou na E3 2014 muito tranquila. As vendas do PS4 estão maiores, considerando o mesmo tempo de vida, que as do PS2, o videogame mais vendido da história. É importante que ela guarde cartas na manga. Dito isto, os jogos mostrados (mesmo que de forma muito breve, com exceção de Little Big Planet 3 e The Order) formam um bom quadro. Títulos como Abzu, The Order: 1886, Bloodborne, LBP3 e Uncharted 4, são muito interessantes e contemplam diversos gostos.

Qualquer outra coisa além de jogos

A parte de uma conferência na qual não se fala sobre jogos é, sem dúvida alguma, o momento mais chato para nós que tanto amamos jogar. É algo que, infelizmente, têm de ser feito. A Sony não poderia ignorar seus novos serviços e não mostrá-los na E3 deste ano. Isso deixaria os acionistas e investidores bem "chateados", ao mesmo tempo em que deixaria os consumidores com poucas informações sobre o diferencial daqueles.

O PlayStation Now, serviço de streaming da biblioteca PlayStation, entrará em fase beta no dia 31 de julho. A promessa é que o cliente possa jogar títulos de PSOne, PS2 e PS3 nos atuais consoles da Sony, bem como na PlayStation TV, e mesmo diretamente de uma aparelho televisor da Sony.

Uma E3 segura

A E3 da Sony se valeu da zona de conforto. O Playstation 4 está indo bem, então vamos focar nele e apresentar jogos. O PS Vita não emplacou, então não vamos lhe dar tanta atenção, apenas dizendo que tem mais de cem títulos sendo preparados, não mostrar nenhum jogo AAA e deixa a impressão de que ele é apenas um dentre os possíveis aparelhos para usar o PlayStation Now. A palavra para definir a E3 da empresa é: segurança. 
Não foi dessa vez, de novo, que vimos The Last Guardian
Cada empresa tem a sua própria E3 para vencer, e dizer que qualquer uma delas venceu é apenas uma forma de demonstrarmos que ficamos mais atraídos pelos jogos e serviços dela, ou que foi a mais eficiente tendo em vista suas necessidades naquele momento. Uma análise de mercado que leve em consideração o impacto da feira para cada console, tanto do ponto de vista financeiro como da própria marca, só poderá ser feita com o passar dos anos. O fator subjetivo conta bastante em nossas preferências e no momento em que declaramos que alguém saiu vencedor. No caso da Sony, mesmo com falhas graves (como o descaso com o Vita), podemos dizer que a empresa venceu dentro da sua proposta para o evento: impulsionar ainda mais seu produto que está vendendo muito bem e afirmar que ele é o melhor lugar para jogos multiplataforma, e que ainda conta com exclusivos de peso que os fãs só encontrarão no PS4. E vocês, o que acharam da Sony na E3 2014?
Veja também:
Revisão: Jaime Ninice
Capa: Vitor Nascimento
Pedro Vicente não é corredor de Fórmula Truck e nem sambista. Também não é escritor e muito menos desenvolvedor de jogos. Todo dia repete como um mantra que irá atrás dos seus sonhos amanhã. Enquanto isso, pode ser encontrado em Campinas, ou São Paulo, quem sabe Santos, até mesmo no Facebook.

Comentários

Fórum
Google+
Facebook


Últimas do Fórum

Ver mais

No Facebook

Ver mais