Seleção 2019: novas vagas na equipe do GameBlast! Redação, revisão, design, e social media. Saiba mais e participe!

Marvel’s Spider-Man (PS4): confira os trajes do Cabeça de Teia — Parte Bônus

Roupas dos quadrinhos, do cinema e até de animações, vale de tudo na hora de colocar mais alguns cabides no guarda-roupa do Homem-Aranha.

Estamos de volta! Agora, com todas as expansões de Marvel's Spider-Man (PS4) já lançadas, podemos nos balançar por Nova Iorque vestindo quase 40 tipos de uniformes diferentes. Alguns são muito legais, outros meio esquisitos e é claro que nem todos agradaram. Porém, aqui você fica sabendo a origem de cada um, sem deixar nem o mais bizarro de lado.

Caso tenham perdido os textos anteriores, é só clicar abaixo:
Parte 1
Parte 2
Parte 3

Traje de Resistência

Primeira Aparição: Marvel’s Spider-Man (2018)

Esse uniforme é uma criação original do desenhista italiano Gabrielle Dell’Otto. Um de seus trabalhos mais conhecidos pela Marvel é a saga Guerra Secreta, que inclusive também teve seu traje-aranha incluído no jogo. Os leitores brasileiros também foram agraciados com uma bela ilustração sua na lombada dos encadernados de luxo da Coleção Oficial de Graphic Novels da Marvel, publicada pela editora Salvat.

Traje Spider-UK

Primeira Aparição: Edge of Spider-Verse Vol.1 #2 (2014)

Diretamente da Terra-833, esse é William “Billy” Braddock, o Homem-Aranha da terra da rainha. Na verdade, apesar de ter os mesmos poderes que o nosso Peter Parker (da Terra-616), ele é conhecido em sua realidade como Capitão Britânia. Se por um lado ele não tem o sentido aranha, por outro ele possui um poderoso talismã que o permite viajar pelo Multiverso.

Scarlet Spider II

Primeira Aparição: Scarlet Spider Vol. 2 #2 (2012)

Se tem outro Aranha Escarlate, então é outro clone! Esse segundo é Kaine Parker, o primeiro clone que o vilão Chacal criou ao tentar replicar Peter Parker. Diferente de Ben Reilly, que era estável, Kaine sofria dores horríveis com a mutação da sua inconstante forma física. Tudo isso, junto com a rejeição sofrida por seu criador, fez com que ele perseguisse constantemente tanto Ben quanto Peter para os matar. Após estabelecer uma consciência longe de toda loucura, ele se muda para Houston, no Texas, e busca consertar seus erros vivendo como herói local.

Traje Spider Armor – MK I

Primeira Aparição: Web of Spider-Man Vol. 1 #100 (1993)

Após todas suas sucessoras terem sido incluídas no jogo, a adição dessa armadura clássica era mais do que justa. A primeira MK foi construída por Peter Parker quando um grupo chamado New Enforcers invadiu a cidade. Para resistir às suas armas de grosso calibre, Peter usou todos os recursos que tinha disponíveis na Empire State University. Feita de um composto pseudo-metálico, a armadura deixou nosso herói um pouco mais lerdo, mas foi eficaz durante o combate. Infelizmente ela não resistiu a um ataque massivo de ácido e se deteriorou, durando apenas uma edição.

Traje Iron Spider Armor

Primeira Aparição: Amazing Spider-Man Vol. 1 #529 (2006)

Enfim uma das armaduras mais pedidas pelos fãs do Spidey. Esse famoso traje vermelho e dourado foi utilizado durante o arco Guerra Civil (2006-2007). Tony Stark projetou o uniforme para que se adaptasse a cada habilidade e aspecto que Peter bem desejasse (isso explica as cores escolhidas). O nosso amigão fez bom uso da armadura, mas receava que o bilionário excêntrico estivesse bolando algum jeito de manipulá-lo através dessa “parceria”. Com o passar do evento, o Homem-Aranha enfrenta seu antigo aliado, que revela ter usado o “presente” para estudar o sentido aranha. Stark também conta que incluiu um sistema que incapacitaria o traje ao seu comando, mas não esperava que Peter estava um passo à frente e já tinha inutilizado seu truque sujo.

Traje Spider-Clan

Primeira Aparição: Marvel Mangaverse: Spider-Man #1 (2002)

Vocês acharam mesmo que não ia ter uma versão do Homem-Aranha baseado em mangá? Acharam errado, seus lacaios de J. Jonah Jameson! A realidade aqui é a Terra-2031 e Peter Parker é o último membro de um clã ninja, o Spider Clan. O sensei do grupo era ninguém mais que tio Ben. Ele era casado com a tia May, que já possuía um filho. Essa criança viria a se tornar o Venom e assassinaria seu pai adotivo a sangue frio, assim como dizimaria todo o clã junto, à mando do Rei do Crime. Cabe a Peter Parker vingar a morte de seu mentor e por fim aos planos maléficos do vilão.

Ok, a história é conturbada e o visual cartunesco pode não ter agradado de primeira. Porém, esse uniforme acabou ficando muito bem trabalhado, com seu design mais próximo ao traje HQ clássico. Uma das adições mais divertidas que vieram nesses extras.

Traje Armadura de Aaron Aikman

Primeira Aparição: Edge of Spider-Verse Vol. 1 #3 (2014)

Apesar de desconhecida do grande público, o visual dessa armadura foi um dos mais bacanas a serem passados para a realidade virtual. Aaron Aikman é o Spider-Man da Terra-31411 e um brilhante cientista que trabalha no Centro Médico Ikegami. Uma de suas principais pesquisas envolviam venenos de diversos insetos.

Secretamente, Aikman desenvolveu um projeto que realinhou o seu DNA com o de uma aranha geneticamente modificada. Isso fez com que o jovem adquirisse força aumentada e sentidos mais aguçados. Com o aparecimento do vilão Redeye, Aaron construiu a armadura cibernética e adotou o manto de Homem-Aranha desse universo.

Traje Spider-Man Ciborgue

Primeira Aparição: Spider-Man Vol. 1 #21 (1992)

Uma das escolhas mais bizarras da lista, sem dúvidas. Após Mysterio iludir Solo, um soldado com métodos bem questionáveis, para acreditar que ele estava combatendo Dr. Octopus, o anti-herói disparou uma saraivada de tiros que na verdade acertou o nosso querido aracnídeo.

Quando estava prestes a virar um queijo suíço, o Spider foi salvo por um estranho autômato chamado Ciborgue X. Ele levou o Aranha para os Laboratórios Care, uma unidade militar sofisticada que desenvolvia soldados cibernéticos e comandada pelo Dr. Oscar McDonell. O cientista foi responsável por dar uma sobrevida ao nosso herói, anexando diversos implantes metálicos e avançados ao seu corpo e fazendo com que ele retomasse sua luta contra o Sexteto Sinistro.

Só para constar, existe um segundo Homem-Aranha Ciborgue, criado em 2014 e que teve sua primeira aparição em Superior Spider-Man #33.

Traje Into the Spider-Verse

Primeira Aparição: Spider-Man: Into the Spider-Verse (2018)

Com o intuito de acompanhar o lançamento da animação Homem-Aranha: No Aranhaverso, que foi praticamente uma semana antes da expansão Comando Silver, os produtores decidiram incluir um dos uniformes junto ao jogo. Pena que com tantas opções, como o uniforme de Miles Morales, a escolha foi o já conhecido traje azul e vermelho. A única diferença é uma leve textura, própria da animação.

Em tempo: a animação estreou nos cinemas norte-americanos em 14 de dezembro do ano passado. Aqui o filme chega em 10 de janeiro deste ano.

Traje de Teia em Alto Relevo

Primeira Aparição: Spider-Man (2002)

Se por um lado tivemos uma versão do traje clássico baseada em uma animação, que convenhamos não agradou tanto, por outro tivemos uma grata surpresa das telonas. Anunciado de última hora com a mais recente atualização do game, foi adicionado o traje clássico da trilogia cinematográfica dirigida por Sam Raimi e estrelada por Tobey Maguire, de 2002.

Tudo bem que se for colocar na conta, ao todo são cinco trajes com o mesmíssimo visual (seis, considerando o Traje Stark). Porém, esse em especial traz um aspecto nostálgico de uma primeira tentativa bem sucedida de levar o Spider para as telonas (exceto pelo Homem-Aranha 3. Esse não dá para perdoar…).

E aí, leitor, o que achou das roupas extras dos Spidey? Sentiu falta de alguma? Deixe sua sugestão aqui nos comentários. Até a próxima!

Carlos França Jr. escreve para o PlayStation Blast sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0. Você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.

Comentários

Google+
Disqus
Facebook